STF manda ação contra filhos de Maluf à Justiça de São Paulo

Por Tercio Braga
Deputado federal Paulo Maluf e outras dez pessoas são acusados de lavagem de dinheiro  | Vagner Campos/Brazil Photo Press/Folhapress Deputado federal Paulo Maluf e outras dez pessoas são acusados de lavagem de dinheiro | Vagner Campos/Brazil Photo Press/Folhapress

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski decidiu enviar para a Justiça Federal de São Paulo uma parte da ação penal contra o deputado federal Paulo Maluf e outras dez pessoas. Entre os réus, cujas ações foram enviadas à Justiça estadual, estão quatro filhos e a esposa do político.

Eles são acusados de lavagem de dinheiro – desviado de recursos de obras públicas da cidade de São Paulo, para contas em paraíso fiscal.

Lewandowski “desmembrou” a ação, separando o processo para que apenas o parlamentar seja julgado no STF. Maluf é deputado e tem foro privilegiado. Só pode ser julgado criminalmente na Suprema Corte.

O desmembramento foi feito a pedido da Procuradoria Geral da República. À exceção de Maluf e da mulher dele, que têm mais de 70 anos, os demais acusados também responderão por crime de formação de quadrilha.

Loading...
Revisa el siguiente artículo