Marcos Valério e sócios são condenados por mensalão tucano

Por fabiosaraiva

O publicitário Marcos Valério e os sócios dele, Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, foram condenados a 9 anos e 2 meses de prisão por lavagem de dinheiro e evasão de divisas em uma ação penal relacionada ao mensalão tucano. De acordo com o Ministério Público Federal em Minas Gerais, os três ainda vão pagar uma multa de 250 salários mínimos.

Segundo a denúncia, Marcos Valério e os sócios promoveram a saída clandestina de recursos financeiros do país entre 1998 e 2000.

A Justiça ainda considerou o envolvimento deles em um esquema de corrupção durante a campanha de reeleição do governador de Minas Gerais na época, Eduardo Azeredo, do PSDB.

Loading...
Revisa el siguiente artículo