Mandado de prisão de Roberto Jefferson sairá apenas na 2ª

Por Tercio Braga

A Polícia Federal confirmou que o mandado de prisão do ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) será expedido apenas na segunda-feira. Mesmo assim, os agentes que estão de campana em frente a casa do delator do esquema do Mensalão, em Levy Gasparian, no interior do Rio de Janeiro, ficarão lá até a chegada do documento.

A prisão de Jefferson foi determinada na tarde de sexta-feira pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa. Ele determinou que o ex-parlamentar fique preso no regime semiaberto. Os advogados de Jefferson pleiteavam uma prisão em regime domiciliar devido aos problemas de saúde do ex-parlamentar.
Jefferson foi condenado a sete anos e 14 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-deputado afirmou que só vai se entregar após ser notificado oficialmente da prisão.

O ex-parlamentar passou por cirurgia em julho de 2012 para retirada de tumor. Em dois anos, perdeu 20 quilos, conforme os médicos que o atenderam. Atualmente, ele faz tratamento com injeções e realização de exames, segundo sua assessoria.

Laudo médico sobre a saúde do ex-deputado, elaborado a pedido de Barbosa por uma junta de especialistas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), concluiu que ele não tem sinais de câncer e que não há necessidade de prisão domiciliar.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo