MST deixa Brasília após reunião com presidente Dilma

Por talita
Policiais e manifestantes entraram em confronto na Esplanada dos Ministérios | Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Policiais e manifestantes entraram em confronto na Esplanada dos Ministérios | Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Após confronto com policiais e encontro com a presidente Dilma Rousseff, integrantes do MST começam a deixar Brasília. Na quarta-feira, um protesto deixou 22 policiais feridos na Praça dos Três Poderes. No ato, cerca de 15 mil manifestantes marcharam pela capital federal e entraram em confronto com a PM em frente à sede do governo.

Já ontem, a presidente Dilma – acompanhada do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas – recebeu representantes do MST no Palácio do Planalto. Os diretores do movimento pedem que o Executivo zere o saldo de 100 mil famílias acampadas neste ano. Para Vargas, porém, esse número não deve ultrapassar os 35 mil. De acordo com o governo, nos últimos três anos 75 mil famílias foram contempladas por assentamentos. O MST fala em 39 mil.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo