Após 119 dias, horário de verão termina no domingo

Por Tercio Braga

Após 119 dias, brasileiros de 10 Estados e do Distrito Federal deverão atrasar os relógios em uma hora a partir da 0h do domingo. A economia provocada pela alteração no horário normal desde 20 de outubro do ano passado será divulgada hoje pelo ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

De início, a previsão do governo era economizar R$ 5 bilhões com a queda de até 0,5% no consumo de energia nos horário de pico.

Ajuda de São Pedro

A 38ª edição do horário de verão, no entanto, termina com o temor de desabastecimento, provocado pelo baixo nível dos reservatórios em consequência da falta de chuvas. Segundo o MME (Ministério de Minas e Energia), em janeiro e na 1ª semana de fevereiro, as ocorrências de chuvas estão com índices 54% e 42% abaixo da média histórica nas regiões Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste, respectivamente. “A não ser que ocorra uma série de vazões piores do que as já registradas, evento de baixíssima probabilidade, não são visualizadas dificuldades no suprimento de energia no país em 2014”, divulgou ontem em nota o CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico).

O governo garante, porém, que não há sobrecarga na rede de distribuição. O sistema atua com uma sobra de 6,2 mil MW médios – equivalente a 9% da carga prevista. O CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) fixa uma margem de segurança de 5% de energia acumulada. Além disso, a demanda de energia poderá ser suprida com o uso de termelétricas, que utilizam combustível e tem operações mais caras do que as das usinas hidrelétricas. “O sistema elétrico está atravessando uma situação conjuntural desfavorável em termos climáticos, em um momento em que o período úmido ainda não está caracterizado, mas dispõe das condições de equilíbrio estrutural necessárias para o abastecimento do país”, apontou o CMSE.

O ONS deverá divulgar na próxima semana o RAP (Relatório de Análise de Perturbação) sobre o apagão que atingiu em 4 de fevereiro 13 Estados e o Distrito Federal. A causa mais provável é de que a linha de transmissão tenha sido atingida por um raio.

arte-fim-do-horario-de-verao620


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo