Governo publica regras para o desligamento do programa "Mais Médicos"

Por george.ferreira

O governo publicou as regras para o desligamento de profissionais do programa “Mais Médicos”. O processo deve ser instalado após dois dias de falta injustificada do trabalho.

A resolução está publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta quinta-feira e já está valendo.

Até agora, o Ministério da Saúde notificou 89 médicos do programa que não se apresentaram ao posto para onde foram contratados.

Cubanos

O Ministério da Saúde informou que 24 cubanos já deixaram o programa federal Mais Médicos e que outros três ainda não foram localizados pelo governo. Em entrevista à Rádio BandNews FM, o titular da pasta, Arthur Chioro, classificou o número como “insignificante” diante do universo de quase 10 mil profissionais participantes.

Do total de cubanos que deixaram o programa, 22 já haviam sido desligados por motivos pessoais ou de saúde. Um deles, Ramona Matos Rodriguez, teve a saída divulgada nesta quarta-feira pelo Diário Oficial e, por fim, Ortelio Jaime Guerra, que viajou para os Estados Unidos, não oficializou o abandono do cargo.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo