MP-MG desiste de ação de improbidade contra Aécio Neves

Por Tercio Braga
O processo contra Aécio Neves foi extinto sem análise do mérito pela Justiça de Minas Gerais | Pedro Ladeira/ Folhapress O processo contra Aécio Neves foi extinto sem análise do mérito pela Justiça de Minas Gerais | Pedro Ladeira/ Folhapress

O MP-MG (Ministério Público de Minas Gerais) desistiu nesta segunda-feira de uma ação de improbidade administrativa contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Segundo o MP, o tucano teria maquiado a aplicação de cerca de R$ 3,3 bilhões em saúde entre os anos de 2003 e 2008, quando foi governador.

O processo contra o atual presidente do PSDB foi, então, extinto sem análise do mérito pela Justiça de Minas Gerais.

A ação havia sido apresentada à Justiça em 2010, depois que Aécio deixou o cargo e se elegeu senador.

A desistência do processo partiu do chefe do Ministério Público, o procurador-geral de Justiça Carlos Bittencourt.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo