Mais 3 petistas tentarão arrecadar verba com doações pela internet

Por george.ferreira

Mais três petistas condenados no processo do mensalão vão tentar arrecadar dinheiro pela internet para pagar as multas impostas pelo STF (Supremo Tribunal Federal). José Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo Cunha querem seguir o exemplo de José Genoino.

Ex-presidente do PT, Genoino precisava entregar R$ 667 mil ao STF. Com o site aberto para recolher doações, a família do ex-deputado federal conseguiu mais de R$ 700 mil.

Em valores ainda não corrigidos, José Dirceu deve R$ 676 mil reais. Já João Paulo precisa recolher R$ 370 mil reais. E Delúbio Soares deve depositar R$ 466 mil.

O advogado do PT, Marco Aurélio de Carvalho, informa que os parentes deles já estão criando sites, com o apoio do partido, para obter os recursos.

Além de Genoino, outros quatro condenados tinham até ontem para pagar as multas ao Supremo. Mas o tribunal ainda não divulgou se Marcos Valério, Ramon Hollerbach, Valdemar Costa Neto e Cristiano Paz quitaram os débitos. Quem não entregar o dinheiro poderá ter os bens penhorados.


Trabalho

Delúbio Soares começou a trabalhar ontem como assessor da diretoria da CUT (Central Única dos Trabalhadores), em Brasília. Nenhum dirigente sindical quis revelar exatamente qual será a função do ex-tesoureiro do PT, que ganhará R$ 4,5 mil por mês.

Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL – atual PR – também foi autorizado a deixar a Penitenciária da Papuda para atuar como assistente administrativo. O salário fixado pela empresa de engenharia é de R$ 1.250.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo