Agentes denunciam violência em presídios no Paraná

Por george.ferreira

Uma reunião, na próxima quarta-feira, irá discutir a denúncia de agentes penitenciários de que eles estariam sendo usados como moeda de troca por presos no Paraná. O encontro será entre representantes do Sindicato dos Agentes com a Secretaria da Justiça.

Vários casos de violência contra agentes foram registrados nos últimos meses, como na Penitenciária Central do Estado, em Piraquara; no Complexo Médico Penal, em Pinhais; e no Centro de Regime Semiaberto Feminino de Curitiba.

Na maioria dos casos, a exigência é pela transferência dos presos. O vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná, Antony Johnson, afirma que a atual situação é mais preocupante do que as grandes rebeliões feitas sob o comando de facções criminosas.

O governador Beto Richa não considera crítica a situação carcerária do estado. Ele afirma que tem conhecimento de que o crime organizado está infiltrado nas penitenciárias do estado e que a atenção nesse ponto é permanente.

Na noite de quarta, rebeliões aconteceram em presídios do estado:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo