Mensalão: Ex-tesoureiro do PL é multado em R$ 370 mil

Por Tercio Braga
Lamas é um dos condenados pelo mensalão | Caio Guatelli/ Folhapress/ Arquivo Lamas é um dos condenados pelo mensalão | Caio Guatelli/ Folhapress/ Arquivo

A VEP (Vara de Execuções Penais) do Distrito Federal determinou nesta terça-feira que o ex-tesoureiro do PL (atual PR) Jacinto Lamas pague multa de R$ 370 mil pela condenação na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Conforme decisão da Justiça, Lamas tem dez dias para pagar o débito.

O valor da multa aumentou em relação à quantia definida no julgamento do processo do mensalão, em 2012. A multa passou de R$ 260 mil para R$ 370 mil devido a correções monetárias. De acordo com Código Penal, o valor final da multa deve ser corrigido monetariamente o após fim do processo.

Na semana passada, a VEP definiu o valor da muita que cinco condenados no processo do mensalão devem pagar até o dia 20 de janeiro. O ex-deputado José Genoino tem de pagar à Justiça R$ 667,5 mil; Ramon Hollerbach e Cristiano Paz, ex-sócios do publicitário Marcos Valério, terão de pagar, respectivamente, R$ 3,96 milhões e R$ 2,65 milhões. O ex-deputado federal Valdemar Costa Neto foi multado em R$ 1,6 milhão. A multa de Valério também foi reajustada, mas o valor não foi divulgado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo