Emissão de passaportes bate recorde, segundo Polícia Federal

Por fabiosaraiva
Superintendência da Polícia Fedral na Lapa, zona oeste de São Paulo | Reprodução Superintendência da Polícia Federal na Lapa, zona oeste de São Paulo | Reprodução

A PF (Polícia Federal) emitiu 2,13 milhões de passaportes no ano passado. É o maior número já registrado em um ano no país. A quantidade é 9,5% superior a 2012, e 34,2% maior que em 2010, ano em que foi lançado o novo passaporte brasileiro  com chip.

A PF atribuiu aos investimentos na instituição a capacidade de emissão recorde. A taxa para confecção do passaporte é de R$ 156. Para solicitar o documento, é preciso entrar no site da PF (www.dpf.gov.br) e preencher o formulário específico. Em seguida, o programa gera uma guia para pagamento da taxa. O interessado então deve se dirigir a uma unidade da PF para as coletas de fotografia, impressão digital e assinatura do documento.

O crescimento da emissão dos documentos acompanhou o aumento das despesas realizadas pelos brasileiros no exterior. Foram gastos US$ 17 bilhões em viagens a outros países em 2013, de janeiro a novembro, segundo dados do BC (Banco Central).

O número final  do ano passado será divulgado no fim deste mês, mas o BC estima que chegue a US$18,6 bilhões. Para 2014, a previsão é de que esse montante fique em US$ 19 bilhões.

Os gastos dos brasileiros no exterior vêm batendo recordes seguidos. Em novembro somaram US$ 1,9 bilhão, o maior valor já registrado no mês.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo