Obras do Porto teriam provocado danos em estruturas no Rio

Por Caio Cuccino Teixeira
Prédios e casas próximos ao Porto apresentam rachaduras | Fotos: Reprodução Band Prédios e casas na zona portuária têm apresentado rachaduras desde o início das obras do Porto | Fotos: Reprodução/Band

Prédios e casas da zona portuária têm apresentado rachaduras e danos aparentes na estrutura desde o início das obras do Porto Maravilha. Até o Museu de Arte do Rio (MAR), inaugurado há menos de um ano, foi danificado. Dentro do imóvel, fendas cortam o teto e até o chão ficou irregular. Também há rachaduras na parede da guarita.

Os danos teriam sido provocados pelas obras do Túnel Binário. Funcionários do museu não quiseram dar entrevista, mas contaram que muitos estão com medo que a estrutura ceda em algum ponto, além do incômodo por causa do barulho e dos tremores provocados pelas escavações.

Um dos prédios mais afetados fica ao lado de um dos canteiros de obra na rua Sacadura Cabral, onde partes do reboco da marquise e das paredes se soltaram. Há poucos metros, várias casas na rua do Escorrega apresentam rachaduras.

“Eles explodem e não querem saber. Treme tudo mesmo. Está incomodando”, relatou o mototaxista Carlos Antônio Faustino.

O gesso do teto de um depósito de água despencou. “Foi devido às explosões, tanto a parte de dentro da loja, quanto do lado de fora, com rachaduras”, contou o comerciante João Armando.

A concessionária Porto Novo informou que faz vistorias nos imóveis e que monitora a região, além de manter contato com moradores e tratar cada caso pontualmente após visita técnica. Já a Secretaria Municipal de Conservação disse que a Defesa Civil faz vistorias para avaliar as condições estruturais dos imóveis e que não foi identificado risco de desabamento. 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo