Presos do Maranhão devem ser transferidos nesta semana

Por BAND
ônibus ficou destruído após ter sido incendiado por criminosos em São Luís, no Maranhão | Reprodução/Jornal da Band Ônibus incendiado por criminosos em São Luís, no Maranhão | Reprodução/Jornal da Band

Pelo menos 24 presos que ordenaram ataques e espalharam terror na capital do Maranhão devem ser transferidos para presídios federais ainda esta semana. Uma nova revista no Complexo Penitenciário de Pedrinhas apreendeu armas, munições e telefones celulares. A violência na unidade está fora de controle.

Em um vídeo que teria sido gravado dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, bandidos comemoram a morte de três presos de facções rivais. De um ano pra cá, 62 detentos morreram dentro da cadeia. O governo do estado não quis comentar a gravação.

Depois que a polícia apreendeu armas e celulares no complexo, na última sexta-feira, teve início uma onda de violência em São Luís. Ônibus foram queimados e uma delegacia foi atacada. Um policial e uma menina de seis anos morreram.

Ana Clara Souza teve 98% do corpo queimado e foi enterrada nesta terça-feira. A mãe da criança também foi vítima do ataque e continua internada. Ela ainda não sabe sobre a morte da filha.

Depois dos atentados, o governo do Maranhão aceitou o auxílio oferecido pelo Ministério da Justiça. Os principais líderes de facções criminosas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas serão levados para presídios federais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo