País ganha 6,6 mil profissionais contratados no Mais Médicos

Por george.ferreira

Alvo de recentes polêmicas entre a presidente Dilma Rousseff e o pré-candidato à presidência Aécio Neves (PSDB-MG), o Mais Médicos terminou o ano com 6.658 médicos contratados atuando em 2.177 municípios e 28 Distritos Sanitários Indígenas. O programa foi criado em julho para levar profissionais de saúde às cidades desassistidas, principalmente do interior ou periferias das grandes cidades. Do total, 5.839 médicos são estrangeiros — 5,4 mil cubanos.
“O Mais Médicos é uma resposta do governo federal às necessidades da população, que sempre reivindicou a melhoria da saúde em nosso país”, defendeu Dilma ontem.
Até abril, o governo trabalha com a meta de ter 13 mil médicos participando do programa.

Divergências
A manutenção do Mais Médicos foi incluído como uma das diretrizes do programa de campanha de Aécio. A decisão foi tratada com ironia pela presidente Dilma Rousseff. “Agora que o progra

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo