Comissão pede esclarecimentos a Cardozo sobre caso Siemens

Por fabiosaraiva
Cardozo diz que ações da Abin foram legítimas | Valter Campanato/Ag. Brasil Cardozo terá dez dias para apresentar esclarecimentos sobre investigação de trens | Valter Campanato/ABr

A Comissão de Ética da Presidência da República decidiu pedir mais esclarecimentos sobre a atuação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, nas investigações do cartel de trens em São Paulo. O ofício será encaminhado ainda nesta terça-feira, e Cardozo tem dez dias para respondê-lo.

Líderes do PSDB acusam o chefe da pasta da Justiça de dorecionar as investigações sobre o conluio que envolve as multinacionais Siemens e Alston, na tentativa de abafar as prisões do Mensalão. A queixa tucana se deve ao fato do ministro ter recebido das mãos do deputado estadual licenciado Simão Pedro (PT) documentos de um ex-diretor da Siemens com acusações contra políticos do PSDB e ter repassada a denúncia para a Polícia Federal.

O caso Siemens é uma das frentes de investigação da série de denúncias de cartel no setor metroferroviário de São Paulo e do Distrito Federal, investigado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão do Ministério da Justiça. Há também apurações em andamento pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, ambos em São Paulo.

“Fizemos apenas o pedido de informações”, disse o presidente do colegiado, Américo Lacombe. Porém, segundo ele, quem define quais dados serão esclarecidos é o próprio ministro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo