Transporte gratuito custaria R$ 15 bilhões

Por Carolina Santos

A aprovação dos projetos em tramitação no Congresso para conceder transporte público de graça traria um custo adicional de até R$ 15 bilhões aos cofres públicos por ano, segundo estimativa divulgada ontem pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

O passe livre foi uma das principais reivindicações das manifestações de junho.

Atualmente, Câmara e Senado analisam três projetos de lei e uma Proposta de Emenda à Constituição sobre o tema.

O Ipea aponta falhas nas propostas e alerta que nenhuma iniciativa para concessão de passagens grátis considera ampliar a oferta de transporte público ou melhorar as condições de mobilidade urbana.

A universalização do acesso ao transporte público pelos estudantes – desconsiderando o critério de renda – teria um custo R$ 12 bilhões aos cofres públicos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo