Álcool etílico é detectado em carga de leite

Mais de 30 mil litros foram vendidos | Antonio-Cruz/ABr Mais de 30 mil litros foram vendidos | Antonio-Cruz/ABr

O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento afirma ter detectado álcool etílico em carga de leite cru refrigerado processado pela BRF S.A., dona das marcas de leite Batavo e Elegê. A informação foi repassada à Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Porto Alegre.

O produto contaminado foi recebido na unidade da empresa localizada em Teutônia, em 5 de agosto. Trata-se de um volume de aproximado de 33.500 mil litros que foram industrializados e colocados no mercado de consumo. A BRF S.A. comunicará formalmente ao ministério em quais produtos utilizou o leite em que houve detecção de álcool. O órgão fiscalizador já determinou o recolhimento cautelar dos lotes do produto.

A Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor também está solicitando informações à empresa para avaliar se houve ou não descumprimento do termo de ajustamento de conduta celebrado recentemente com a empresa. Em caso positivo, pode haver multas previstas no TAC.

Loading...
Revisa el siguiente artículo