Ato pela mulher leva Dilma ao Congresso

Por Carolina Santos

Buscando uma política de boa vizinhança, a presidente Dilma Rousseff fará hoje uma visita ao Congresso. O convite é para participar da cerimônia de sete anos da Lei Maria da Penha, na qual será apresentado o relatório da CPI da Violência Contra a Mulher. Dilma, porém, aproveitará a oportunidade para agradecer aos deputados e senadores, em especial da base aliada, pela vitória do governo na sessão de votação do vetos na semana passada.

Será a terceira vez no mandato que Dilma visita os deputados e senadores. Em março do ano passado, a presidente participou da sessão em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Em 2011, só esteve no Congresso para a cerimônia  de posse.

 

Relatório final

A CPI da Violência Contra a Mulher funcionou de fevereiro de 2012 até a última semana. Após a visita a 17 Estados e no Distrito Federal, a comissão elaborou um relatório com 1.045 páginas e constatou o descumprimento da lei no atendimento jurídico e psicológico, além da ausência de centros para abrigar vítimas de violência. “Os serviços funcionam de maneira precária ou não existem”, aponta o texto.

A CPI inova ao pedir a criação do feminicídio, crime que seria classificado para homicídios cometidos por pessoas da família ou pelo marido.

Por ano, são registrados 4,6 homicídios para cada 100 mil mulheres no Brasil, o sétimo maior índice do mundo, segundo dados da CPI.

Loading...
Revisa el siguiente artículo