Companhia aérea barra jovem após piada do pai

Por Carolina Santos
Episódio aconteceu no aeroporto de Cumbica | Divulgação Episódio aconteceu no aeroporto de Cumbica | Divulgação

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) vai investigar o caso de uma jovem impedida de viajar após uma brincadeira do pai no aeroporto de Cumbica, em São Paulo. Thaís Burato da Silva – formada em Gestão Ambiental – embarcaria no domingo para Bali, na Indonésia, com os gastos bancados pela USP (Universidade de São Paulo).

No entanto, ela foi barrada pela Catar Airwais depois que o pai dela, Renato Camargo, fez uma piada. “Eu fiz uma brincadeira com ela, mas fui absolutamente infeliz, eu disse: ‘filha, ainda bem que não descobriram que você é terrorista’, na frente de um funcionário da empresa. Na fila do check-in, uma funcionária nos abordou e nos retirou da fila e disse que outro funcionário havia reportado que nós falávamos em bomba. E eu disse que era um absurdo completo”.

A Polícia Federal não chegou a ser chamada e nada foi encontrado na bagagem da jovem. A empresa alegou motivos de segurança para a atitude.

Loading...
Revisa el siguiente artículo