Por que a Nasa está criando um "sistema de dilúvio" para lançamentos de foguetes

Poderoso jato de água inundou em apenas um minuto a plataforma de lançamento espacial durante teste realizado em Cabo Canaveral.

Por BBC Brasil

Para lançar um foguete ao espaço, é necessária uma grande quantidade de combustível. E, em breve, de água também.

Em 18 de outubro, a Nasa, agência espacial americana, testou com sucesso um novo projeto, que batizou com um nome quase impossível de decorar: sistema de dilúvio para proteção da sobrepressão da ignição e supressão do som.

O nome pode soar ambicioso, mas está à altura do que demonstrou no teste: em apenas um minuto, o sistema lançou um poderoso jato de 1,7 milhão de litros de água, que atingiu 30 metros de altura.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=8&v=LNkmwrTjKuo

A rápida inundação aconteceu no Centro Espacial John F. Kennedy, em Cabo Canaveral, na Flórida, e faz parte dos preparativos para o novo Sistema de Lançamento Espacial (SLS, na sigla em inglês), que a Nasa pretende lançar em 2020.

De acordo com a agência espacial americana, o SLS será o "mais poderoso" que eles já construíram.

Quando estiver pronto, será usado para enviar astronautas para além da órbita da Terra.

Além disso, terá uma capacidade de carga maior, o que permitirá mandar missões não tripuladas para lugares como a Lua, Marte, Saturno e Júpiter.

E por que o dilúvio?

104003873nasaceanuhr2-321a7730b1ffcc20a7aaa9c271fd0f9e.jpg

O sistema de inundação vai servir para reduzir a grande quantidade de calor e energia liberada em cada lançamento do SLS.

O teste de fogo, ou melhor, de água, será a Missão de Exploração 1 em 2020, que vai lançar a nave Orion com tripulantes para explorar o espaço profundo pela primeira vez.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=YPsc4zsMaPA

https://www.youtube.com/watch?v=mV7FEEUUZbI&t=171s

https://www.youtube.com/watch?v=ks3Q8RGhIF0

©
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo