Moradores de SP enfrentam filas para tomar vacina contra febre amarela

Publicidade

Por band.com.br

20/03/2017 às 9h04

Vacina é recomendada para quem vai para áreas de risco | Alex de Jesus/O Tempo/Folhapress

Vacina é recomendada para quem vai para áreas de risco | Alex de Jesus/O Tempo/Folhapress

Os moradores do interior de São Paulo têm enfrentado filas nos postos de saúde para tomar a vacina contra a febre amarela.

Nas clínicas particulares, a procura pela dose também cresceu desde o início do ano.

De acordo com a Secretária Estadual da Saúde, oito pessoas morreram por causa da doença, sendo que três foram infectadas dentro do Estado.

Um quarto caso autóctene é de um adolescente de Santa Cruz do Rio Pardo, mas que já recebeu alta médica.

Em Araraquara, a assistente comercial Ana Paula Alves ainda não conseguiu tomar a dose por caudas das filas constantes nos postos de saúde.

Leia mais:
Hemorio vai vacinar contra febre amarela a partir desta terça
Saiba se você pode e precisa se vacinar contra a febre amarela

A infectologista responsável por uma clínica particular, no município, Vôlia de Carvalho, conta que a procura pela dose cresceu 50% desde que começou o surto da doença no começo do ano.

Apesar das filas registradas na rede pública e em várias cidades, o Ministério da Saúde garante que o país tem vacinas suficientes para atender a população em situação de risco.

Em São Paulo, o governo recomenda a imunização para 455 dos 645 municípios, onde a população tem mais contato com áreas de mata.

A Secretaria Estadual da Saúde estima que 80% da população, que vive nesses locais, foi vacinada desde o início do ano.

Últimas de Foco

Últimas reações do Twitter