Publicidade

Por Metro Jornal

21/03/2017 às 2h00 - Atualizado em: 21/03/2017 às 8h46

A Polícia Civil passará a bloquear celulares furtados ou roubados por meio de um sistema especial, sem precisar da autorização das operadoras de telefonia.

Com a ferramenta, os aparelhos serão bloqueados no ato das ocorrências, o que trará mais agilidade e ajudará a impedir que criminosos acessem e utilizem os dados das vítimas de forma indevida.

“Todas as delegacias do Estado poderão realizar os bloqueios conforme as solicitações das vítimas, mas para isso será necessário o registro de um boletim de ocorrência”, explica o delegado Mitiaki Yamamoto, responsável pelo Dipol (Divisão de Tecnologia da Informação do Departamento de Inteligência), da Polícia Civil.

A novidade anunciada nesta segunda-feira pelo governador Geraldo Alckmin faz parte de um convênio firmado entre a SSP (Secretaria da Segurança Pública do Estado) e a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

“A medida vai derrubar o roubo e o furto de celulares, já que a comunicação da eliminação do IMEI, que é a ‘identidade do celular’, será automática”, disse Alckmin.

Para realizar um bloqueio hoje, os policiais precisam entrar em contato com cada uma das operadoras. 

Últimas de Foco

Últimas reações do Twitter