Avaliação ruim da gestão Haddad em São Paulo sobe para 56%

Publicidade

Por Metro

19/01/2016 às 15h57 - Atualizado em: 19/01/2016 às 23h33

Haddad diz não ter sido informado sobre quais escolar do Estado passarão a ser administradas pelo Município | André Porto/Metro

Prefeito teve o pior índice de reprovação da história do estudo | André Porto/Metro

A administração municipal, comandada pelo prefeito Fernando Haddad (PT), foi considerada ruim ou péssima em 2015 por 56% dos paulistanos ouvidos em pesquisa do Ibope feita a pedido da Rede Nossa São Paulo.

Além de alto, o índice cresceu expressivamente em relação ao levantamento anterior, de 2014, quando 40% haviam dado a pior avaliação à gestão (veja quadro).

A prefeitura não comentou a pesquisa. A Câmara disse que “respeita a pesquisa e continuará seu trabalho na busca de corresponder às expectativas dos cidadãos”.

Na visão do coordenador da Rede Nossa São Paulo, Mauricio Broinizi Pereira, 54 anos, essa piora na avaliação pode ser creditada ao pessimismo devido às crises econômica e política por que passa o país.

“Quando se faz a pergunta mais genérica, a população se mostrou pessimista. Mas, ao olharmos a nota dada a vários serviços e equipamentos públicos, não existe esse salto de desaprovação”, afirmou. A pesquisa avalia 169 itens relacionados ao bem-estar da população.

Foi da mesma forma que ele analisou a alta de paulistanos que mudariam da cidade, de 57% para 68% dos 1.512 entrevistados entre 2014 e 2015.

Dos quesitos mais relevantes para essa vontade de sair da cidade, a segurança se destaca: 92% consideram a capital pouco ou nada segura.

A Secretaria de Segurança Pública disse que o total de homicídios, latrocínios e de roubos caiu na cidade no ano passado. 

tempo-ruim-haddad

Últimas de Foco

Últimas reações do Twitter